Google Maps com novidades, Google + redesenhado e serviço de streaming de música se destacam no 'I/O'

16 de maio de 2013 Editar

Larry Page, CEO/Google durante apresentação no I/O Nesta quarta-feira, primeiro dia do Google I/O , a empresa norte-americana surpreende... (por Gustavo Assumpção em 16 de maio de 2013, via Googleverse)

Larry Page, CEO/Google durante apresentação no I/O
Nesta quarta-feira, primeiro dia do Google I/O, a empresa norte-americana surpreendeu e revelou algumas novidades inesperadas para seus usuários. Serviços como o Google Maps Google + ganharam novidades e o novíssimo Google Play Music All Access foi detalhado pela primeira vez. As novidades mostram que a empresa segue firme na tentativa de agregar cada vez mais a experiência de seus serviços.

Google Maps mais personalizado


Serviço líder no setor, o Google Maps vai ganhar várias novidades. A principal delas é a possibilidade de que os usuários tenham uma experiência mais pessoal, já que será possível aplicar filtros nos mapas para que eles exibam apenas locais que foram avaliados pelos seus contatos. A nova versão também vai traçar as rotas com maior inteligência, levando em consideração o trânsito e o horário do dia. O Google Maps também terá uma integração maior com outros serviços, agregando informações vindas do Google+, dos guias Zagat e Frommer’s, do Google Earth e do Google Flight.

Larry Page, CEO do Google, revelou que a ideia é tornar a experiência do usuário mais simples. "A tecnologia deve fazer o trabalho difícil, e as pessoas devem se ocupar com aquilo que as deixam felizes", comentou durante a apresentação.

Veja as novidades:



'Google Play Music All Access' é novo serviço de streaming de música

Antecipando a sua principal concorrente, a Apple, o Google anunciou um serviço de streming de música para a web. Por uma assinatura de U$ 10 mensais, será possível ouvir música em smartphones, tablets e no próprio navegador. O serviço começa a ser oferecido nesta quarta-feira, nos EUA e será grátis nos primeiros 30 dias, uma maneira de incentivar novos usuários a comprarem a ideia.Aqueles que se cadastrarem antes de 30 de junho terão um desconto e vão pagar US$ 8 mensais.

Google + redesenhado e com novas funções

Ainda tentando emplacar sua rede social, o Google +,. a empresa revelou um pacotão com 41 novidades para a plataforma. As principais são relacionadas ao layout e com a integração com outros serviços, como os Hangouts.


No novo visual, fotos e vídeos são expandidos, a aparecem em uma caixa de compartilhamento animada. Os posts são exibidos em espécies de cartões em colunas múltiplas, abandonando o visual em uma coluna da versão anterior. O novo Google + também tem suporte ao uso de hashtags, como no no Twitter e no Instagram, para que usuários consigam achar conteúdo de seu interesse de maneira mais eficiente.

O Hangout ganhou independência e agora se tornou um messenger que agrega informações do Google + e do Gmail. O app, que permite integração total entre o serviço na web com smartphones e tablets, já está disponível para iOS e Android. O novo serviço permite a criação de grupos e o envio de fotos, algo como o Whatsapp já permite. O vídeo abaixo explica certinho as novidades do serviço:



Por fim, o Google + vai permitir uma série de funções para o upload de imagens. As mudanças previstas, como melhoria de cores, suavização de imperfeições na pele serão aplicadas automaticamente. Também há um algoritmo que identifica e elimina imagens sem foco ou borradas, por exemplo. 

Galaxy S4 "puro" é revelado


Por fim, a empresa também revelou o lançamento de Galaxy S4 com Android 4.2 puro, sem a personalização da Samsung. Segundo informações do Tecnoblog, o aparelho tem bootloader destravado, o que significa, na prática, que será possível instalar facilmente outra ROM ou fazer modificações no sistema executando um comando, sem a necessidade de recorrer a maneiras alternativas.

Esta versão do Galaxy S4 vem com 16 GB de armazenamento interno e deve começar a ser comercializado a partir do dia 26 de junho, na Play Store americana, por US$ 649, desbloqueado e sem contrato com operadoras.

Comentários

0
Google+
Facebook