Chrome implementa recurso para proteger sites contra ataques de negação de serviço (DDoS)

18 de abril de 2011 Editar

Mais uma inovação chegando aos usuários do Google Chrome, mas dessa vez os maiores beneficiados serão os donos de websites, pois o novo recu... (por Sérgio Estrella em 18 de abril de 2011, via Googleverse)

Google%2BChrome%2Bicon%2Bnew[1]Mais uma inovação chegando aos usuários do Google Chrome, mas dessa vez os maiores beneficiados serão os donos de websites, pois o novo recurso implementado pela equipe do navegador, chamado de HTTP Throttling, promete conter ataques de negação de serviços (DDos). Esse tipo de ataque realizado por hackers e usuários mal intencionados costuma ser fatal para a maioria dos sites, pois configura uma quantidade de solicitações ao servidor muito maior do que este pode aguentar. Resultado: o site cai.

Porém, com a técnica ativada, o Chrome será capaz de deduzir quando o servidor está acima de sua capacidade (seja por estar sofrendo um ataque de negação de serviço, ou por simples sobrecarga no servidor) e atrasa o carregamento das páginas, dando a oportunidade de o servidor se recuperar. Inicialmente o atraso é de 0.7 segundos mas pode chegar a 15 minutos, dependendo da resposta do website. É claro que o navegador não poderá impedir a origem do ataque, mas esta tecnologia ajuda a impedir que o problema se intensifique.

Se você usa o Chrome no canal Dev, Cannary ou o projeto Chromium (12.0), pode ativar o recurso acessando o endereço chrome://net-internals/#httpThrottling.

chromethrottling[1]

Podemos esperar que a tecnologia venha ativada de fábrica em uma versão estável apenas na versão 13.0 do navegador, que deve ser liberada em Julho deste ano.

via ConceivablyTech

Comentários

0
Google+
Facebook


Comentários

0
Conta Google
Facebook


Escreva seu comentário